problemas-com-habitos-blog-dasims
Desenvolvimento pessoal

3 dicas poderosas para quem tem problemas com hábitos

Acredito que todos nós temos problemas com hábitos. Aqueles que sabemos que não nos faz bem e aqueles que queremos dar uma oportunidade na nossa vida. E sim, eu sei que nem sempre é fácil mudar ou incorporar um novo hábito nas nossas vidas. Porque o nosso corpo, mente não está preparado para essa mudança. Por isso que é preciso tempo e persistência para mudar hábitos na nossa vida.

Mesmo sabendo do bem que nos faz ou os benefícios que essas mudanças trás para a nossa vida. Nem sempre conseguimos e com isso acabamos por procrastinar. Ou seja, deixar para depois porque às vezes o medo de sair da zona de conforto fala mais alto. Antes mesmo de dar início, muitas pessoas ficam sobrecarregadas e acabam por desistir. Deixando que esses problemas com hábitos os vença.

Se te vês nesses exemplos acima, então essas dicas são para ti. Essas 3 dicas para quem tem problemas com hábitos pode te ajudar nesse sentido.

3 dicas para quem tem problemas com hábitos

Cronometrar o teu tempo

Eu sei que iniciar um hábito é muita das vezes a parte mais difícil. Quando estás prestes a iniciar uma nova tarefa, é normal o teu corpo resistir no início. E com isso vão surgir muitas duvidas na tua mente e ela vai te apresentar todo tipo de desculpas possíveis para desistires. Por esses motivos, pode ser útil definir um tempo por um curto período de tempo. Ou seja, vais cronometrar cinco minutos para fazer determinada tarefa e assim que tocar vais parar.

Ao estabelecer um limite de tempo curto, estas a superar a sobrecarga e a procrastinação e com isso “enganar” a tua mente. E com isso, vais achar que é mais fácil e vais te sentir mais aliviada. Porque sabes que só precisas de trabalhar a sério por apenas cinco minutos. Uma vez que tenhas reformulado a maneira como vês a tua tarefa, não vais ter mais desculpas para não o fazer.

Mas é aqui que fica interessantes. Porque, após os primeiros minutos, é mais provável que continues a fazer a tua tarefa. Ou seja, aproveitar a onda de movimento e até mesmo concluir essa atividade. Por exemplo, em termos de exercícios, vais pensar que já tens as tuas roupas de treino de qualquer maneira; em termos de escrita, não dá para deixar uma frase incompleta, certo? E na leitura, vais perceber que o livro ficou interessante nesse exato momento.

Portanto este método de cronometrar cinco minutos vai te ajudar a iniciar um novo hábito. E ao mesmo tempo, ajudar-te a dar o primeiro passo de modo a não procrastinar. No final vais te surpreender contigo mesma por continuar a realizar as tuas tarefas sem dar conta de o estar a fazer. Caso falhe, ao menos tem cinco minutos de trabalho feito. Melhor do que nada!

Transferir clipes de papel de um frasco para o outro

Eu sei, parece parvo mas vais perceber. Depois de superar a procrastinação, o próximo passo é continuar a fazer. Ou seja, se o método do cronometrar os cincos minutos não for bem-sucedido então podes tentar transferir clipes de papel de um frasco para outro.

Funciona assim: pegue em dois frascos e coloque a tua frente, com um vazio e outro cheio dos clipes de papel. À medida que fores fazendo a tua atividade, continua a transferir os clipes de papel, um por um, para o frasco até estarem todos no frasco que estava vazio. Conforme fores avançando, vais ver um dos frasco a ficar vazio, pouco a pouco, e o segundo frasco a ficar cheio. Este sistema de recompensa simples é feito para te ajudar a ficar mais motivada e não parar até terminar a tarefa.

Por exemplo, se precisas realizar varias tarefas dentro de um período de tempo, coloca os números de tarefas que tens em clipes de papel em um frasco e, para cada tarefa realizada, transfira um clipe de papel para o outro frasco. Isso vai te ajudar a manter o foco e concentração naquilo que estás a fazer.

Atenção que isso pode não funcionar em todos os tipos de hábitos. A ideia é simplesmente dividir a tarefa em etapas pequenas e fáceis para evitar a sobrecarga e criar um impulso favorável, acompanhando e recompensado o progresso. Nesses casos, em vez de usar frascos e clipes de papel, experimenta outros sistemas de rastreamento e recompensa.

Podes usar algum aplicativo, planeamento ou com ajuda de alguém para te ajudar. São algumas dicas que podemos ir experimentando a ver o que nos serve melhor para determinado hábito. Por exemplo: em relação a exercícios, completar um intervalo ou quilometro; na escrita, concluir uma sessão de minutos; leitura é terminar um capítulo; nas vendas, fazer uma ligação por cliente; ou completar uma proposta por cliente, etc.

Não deixar a sequência quebrar

Agora que já iniciaste uma atividade e a concluiu pela primeira vez, é hora de transformá-la em um hábito. E comprometendo a fazê-la regularmente. Porque já sabemos que é sempre útil acompanhar o nosso progresso e criar ímpeto. Por exemplo, arranje um calendário dos grandes e coloque numa zona que possas olhar todos os dias.

Se a tua tarefa precisa de ser feita em casa, podes colar um post-it no espelho da casa-de-banho, no frigorífico ou no teu diário. Ou se a tua tarefa é para o teu locar de trabalho, então considera colocar em um quadro daqueles de cortiça, na tua agenda, no computador ou na tua mesa.

O objetivo deste exercício é riscares todos os dias que conseguires concluir as tuas tarefas programadas para o dia. Semelhante ao método do clipe de papel, de modo a conseguir ver mais Xs no teu calendário. Assim vais te sentir mais motivada a continuar e não quebrar a sequência.

E com isso aumentar o teu senso de realização e responsabilidade. E fortalecer na medida que a sequência vai se tornando mais longa a cada semana e a cada mês. Caso não fizeres essa tarefa num dia, esse espaço em branco no teu calendário vai servir como um lembrete para não deixar repetir. Por isso é bom que o calendário esteja num local visível.

Curiosamente, este método de calendário foi atribuído a Jerry Seinfeld, o famoso ator e comediante. Ele teria riscado datas no seu calendário e criando uma longa sequência, enquanto ele habitualmente praticava suas piadas e performances diariamente.

Conclusão

É muito importante lembrar que os hábitos determinam a qualidade da tua vida. Desenvolvê-los ou reformulá-los não só permitirá que faças as coisas, mas também vai te ajudar a aproximar do teus objectivos. Os obstáculos são parte do processo, então tenta encontrar a raiz do problema e buscar soluções. Se tudo isso falar, tenta definir um tempo de cinco minutos, transferir os clipes de papel entre os frascos e não quebrar as sequências.

Portanto, acredito que com essas dicas podes conseguir resolver os teus problemas com hábitos. A poder focar em ti e na tua vida. Sair da procrastinação e viver uma vida com mais leveza.

Beijinhos de luz

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Apaixonada pela vida, pelo meu marido, meu cão, família e amigos. Criei o Blog da Sims porque senti que era uma forma de partilhar um pouco de mim, dos meus interesses e da minha forma de estar na vida. Um blog de partilha do meu eu.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: