dizer-sim-blogda-sims
Desenvolvimento pessoal

Saber dizer sim a nós mesmas é um ato de amor!

Dizer sim a nós mesma é um ato de amor. Porque quando estamos a dizer sim e a fazer as coisas para o nosso bem, estamos a cuidar de nós. Muitas vezes quando chegamos no final de semana achamos sempre que não foi o suficiente. Muita coisa a fazer, trabalho, compromissos e mil e uma tarefas em casa. E pergunto, nesse tempo todo qual é para ti? Quanto tempo tiras para fazeres aquilo que gostas e que te agrada, tais como divertir, relaxar, estar com as pessoas que gostas? Ou seja, recarregar as batarias.

Chegaste a conclusão que nenhum e gostarias até de acrescentar mais tempo, se pudesses, para fazer tudo que tens para fazer. São tantas coisas que achamos que tirar nem que seja um minuto para nós é considerado “luxo”. E volto a perguntar, mas porquê? Não achas que mereces tirar um minuto do teu tempo para ti? Já reparaste que nessas horas todas é sempre dedicada aos outros? Por isso é hora de começas a dizer sim para ti mesma e acredito que com essas 7 dicas vais conseguir melhorar a tua vida e acima de tudo cuidar de ti.

7 coisas para dizer sim por ti

Um dia sem fazer nada é tudo

Os fins de semana envolvem folga, diversão e recarga de bataria. Mas é fácil que os fins de semana se tornem um momento para mais trabalhos ou uma lista infindáveis de tarefas. Ok, sim haverá tarefas domésticas que temos de realizar. Mas de vez em quanto é muito bom ter um dia de não fazer nada.

Passar o dia de pijama, no sofá com uma mantinha a ver as tuas séries favoritas. Ou ler aquele livro que andas com vontade terminar. E acredita que o mundo não parar de girar por causa disso. Não te sintas culpada por estar sem fazer nada porque tu também mereces, acredita.

Aproveita a tua pausa de almoço

Lembras da ultima vez que aproveitaste da tua hora de almoço sem estar a trabalhar ao mesmo tempo? Pois, é preciso desligar para aproveitar a tua comida. E não tem mal nenhum em fazer isso, e não é obrigatório estares a trabalhar durante a tua hora de almoço só porque os outros o fazem.

E muitas vezes deixamos levar pela pressão do trabalho e acabamos por saltar a nossa hora de almoço. Fazendo com que naquela uma hora de almoço estejamos sentados a trabalhar e a comer achando que isso nos torna mais produtivos. Só que está provado que aproveitar esses minutos do almoço vai te ajudar a estar mais focada e produtiva nas horas seguintes.

Então, realmente, saltar a pausa do almoço é uma falsa economia de tempo que nos deixa mais cansados, com menos energia e reduz a nossa criatividade. Portanto, aproveita a tua hora de almoço para sentar a aproveitar a tua comida. Ela vai te cair melhor e acima de tudo vais saborear melhor esse tempo.

Faz algo de novo

Zona de conforto é algo realmente espectacular, porque nos sentimos seguros e protegidos. E acaba por ser tentador manter aquilo que sabemos sem descobrir o novo. Mas também pode tornar num lugar monótono e sóbrio. Ou seja, ficamos presos a um estilo de vida.

Por isso eu te desafio a fazer algo diferente, nem que seja uma vez por semana. Por de ser algo simples como experimentar um prato novo, começar uma nova atividade, tirar cinco minutos para escrever ou meditar.

Pare e pense no que gostarias de fazer e que nunca sentiste coragem para o fazer. Algo que sempre quiseste arrisca, então faça-o. Arrisca e sai da tua zona de conforto, porque existe todo um mundo lá fora para ti. Sempre ouvi dizer que “quem não arrisca, não petisca”.

Aceita uma ajudinha

Eu sei que é muito difícil pedir ajuda ou aceitar ajuda dos outros. Porque achamos sempre que conseguimos fazer tudo sozinhos e que não queremos “chatear” os outros. Mas por outro lado, gostamos muito de ajudar os outros. E o ajudar os outros nos faz bem e nos deixa felizes.

Então não podemos negar isso aos outros também, de sentirem essa sensação ao ajudar. Porque ao negar ajuda dos outros estas a impedi-los de sentirem úteis. Portanto, aceita ajuda dos outros. Deixa-te ser ajudada. Sabe bem quando alguém nos ajuda, e acreditem eu sei do que digo porque durante muito tempo neguei isso a mim mesma por ser muito exigente comigo mesma. Para dar é preciso saber receber e não pedir ajuda trava  a nossa vida e o nosso crescimento.

Seja uma aventureira

Algo que eu adoro é aventurar-me por aí. Adoro conhecer lugares novos e explorar. E aqui (Portugal) o que não falta são sítios lindos para explorar. Fazer caminhado por trilhos maravilhosos que nos enche a alma e a vista. E cada viagem é diferente, e também é uma maneira de ampliar a nossa mente. Com isso oferecendo novas perspectivas e oportunidade de aprender.

Existe algum lugar que queiras conhecer? Então marca um dia na tua agenda e aventura-te. Faz bem a alma e a mente. Aventura-te!

Faz aquilo que gostas

Na correria do dia-a-dia são várias as coisas que gostamos que deixamos para trás. Ou por causa do trabalho, ou da familia. Que acabamos por deixar para trás. Mas fazer aquilo que amamos e que nos dê prazer é um ato de amor próprio, porque estamos a cuidar de nós.

Portanto faz aquilo que fazias antes e que deixaste de fazer, ou então algo novo. Porque a nossa vida ocupada faz com que deixemos os pequenos prazes ficarem para trás. É preciso tirar uns minutos no meio dessas horas de ocupado para fazer aquilo que gostas. Por isso faz aquilo que gostas e que te dê prazer.

A tua comida favorita

Digo sempre que a vida é muito curta para não comer uma comida deliciosa. E acreditem, isso faz um bem enorme a nós mesmas. Porque eu adoro comer, principalmente os meus favoritos. E acredito que além de alimentar o nosso corpo estamos a alimentar a nossa alma também.

E ter esse poder de sentar e saborear a nossa comida favorita é a melhor coisa que existe. É daqueles prazeres que ninguém nos pode tirar. Portanto aproveita do tempo para comeres e saboreares a tua comida favorita. Sentir o cheiro, o paladar daquele prato favorito. Porque cuidar de ti é também alimentares com aquilo que te dá prazer.

Conclusão

Eu acredito que a vida é uma questão de equilíbrio. Porque se temos uma vida leve e divertida, sentimo-nos de bem com o mundo. E a mudança nunca é demais, mas sim necessária. Não tens de ser escrava do tempo, mas sim aproveitar o tempo ao teu favor.

Portanto diga sim a ti mesma e faça aquilo que é melhor para ti. Aquilo que te faz sentir viva e poderosa. Viva a tua vida e não deixe que nada fique por fazer ou dizer. Afinal só temos essa vida. És merecedora de viver uma vida plena e viver a tua melhor versão todos os dias.

Beijinhos de luz

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Apaixonada pela vida, pelo meu marido, meu cão, família e amigos. Criei o Blog da Sims porque senti que era uma forma de partilhar um pouco de mim, dos meus interesses e da minha forma de estar na vida. Um blog de partilha do meu eu.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: