para-ser-feliz-blogdasims
Desenvolvimento pessoal

Para ser feliz é preciso muito pouco, o agora chega!

Para ser feliz só precisamos de estar no aqui e agora. A felicidade é ser e não ter. Porque digo isso? Porque acredito que como eu, muitas pessoas achavam isso. Que iam ser felizes no dia que conseguissem aquilo que sempre sonhavam. Tais como um carro, aquela casa com piscina, um trabalho de sonho ou um casamento de sonho. Tudo coisas que podemos adquirir para ser felizes. Mas chega esse dia e continuas em busca da felicidade, ou seja, já vais adicionar outras coisas a tua lista.

No entanto, nunca consegues preencher esse vazio dentro de ti. Porque estás sempre a espera de ter para ser feliz. E com isso a vida vai passando e continuar cada vez mais infeliz, mesmo tendo aquilo que sempre sonhaste. Por isso eu digo que a felicidade está em ser, não em ter. E acreditem que para ser feliz é tão fácil e está ao alcance de qualquer um de nós. Todos podemos ser felizes.

Um grande exemplo que temos a nossa frente são as crianças. Já pararam para reparar que elas ficam felizes com qualquer coisa? Podes dar um sorriso, um abraço ou uma folha de papel que ficam logo felizes. Isso é felicidade pura. A felicidade no aqui e agora.

Nós, adultos, de alguma forma crescemos com essa crença de que precisamos que tudo tem de ser de daquela maneira para poder encontrar e apreciar os momentos felizes. Mas a verdade é que, para sermos felizes, precisamos de muito menos do que pensamos que precisamos. Na verdade, acredito que uma das melhores sensações vem quando percebemos podemos estar bem e felizes sem essas coisa que antes achávamos que precisamos. E é isso que quero partilhar com vocês hoje, as coisas que não precisamos para sermos felizes.

9 coisas que não precisas para ser feliz

Circunstâncias ideais

Em primeiro lugar, as pessoas mais felizes não vivem com um determinado conjunto de circunstâncias, mas sim com um determinado conjunto de atitudes. Escolher ser positivo e grato pelo que tens agora vai determinar como vais viver o resto da tua vida. Portanto, procura algo positivo sobre o dia de hoje. Mesmo se tiveres que olhar um pouco mais a fundo do que o normal, ele ainda existe.

Ou, em ultima análise, suas maiores conquistas são momentos em que o que estas a fazer permite que vejas como a tua vida já é boa.

Aprovação do outros

A maior prisão em que provavelmente podemos viver é o medo do que as outras pessoas vão pensar. Por isso não podemos permitir que as outras pessoas digam que és ou o que desejas. Tu tens que decidir isso por ti. E quando estiveres a tomar grandes decisões, lembra-te de que aquilo que pensas sobre ti e a tua vida é o mais importante do que as pessoas pensam de ti. Portanto não deixa que os outros o te façam sentir culpada pela tua vida, porque ela é tua. Contanto que não estejas a magoar ninguém, viva o teu caminho.

A realização e o sucesso na vida estão na tua capacidade de usar a tua mente para alcançar os teus objectivos, senhos e desejos. Reserva tempo suficiente para ficares contigo mesma, sem interferência externa, vale muito a pena.

Um passado perfeito

Não deixa as sombras do teu passado escurecerem a porta do teu presente e futuro. Deixa ir, perdoa e siga em frente. Só porque o passado não foi como esperavas, não significa que o teu futuro não possa ser melhor daquilo que imaginas. Na verdade, muitas vezes ficamos mais fortes nos lugares em que estávamos mal. Porque não é até que estejas mal por um tempo que realmente vais aprender do que és feita por dentro. E essa percepção vai te dar uma capacidade de reconstruir-te mais forte do que nunca.

Na maioria das vezes, a única diferença entre a felicidade de longo prazo e o desespero de longo prazo é não desistir de ti mesma. Enquanto estiveres a respirar, nunca é tarde demais. Hoje é um novo começo.

Controla todas as mudanças constantes da vida

A vida está a mudar constantemente e nós estamos a mudar junto com ela. Não somos a mesmas pessoa que éramos há um ano, um mês ou uma semana atrás. A vida é cíclica e a mudança é o que importa. Mas todo o final é o começo de algo. Cada saída é uma entrada para outro lado. Por isso, viva, aprenda e deixa-te levar. Não te reprimas com as mudanças que não consegues controlar.

Embora algumas forças estejam fora do teu controle, tu podes controlar como reagir às coisas. A vida de todos tem aspecto positivos e negativos – se estás feliz ou não depende muito dos aspecto em que concentras. E a melhor coisa que podes fazer é deixar de lado o que não podes controlar e investir a tua energia nas coisas que podes. Viva com simplicidade, ame com generosidade, fala com sinceridade, respira fundo, dê o teu melhor e deixa o resto com o universo que ele sabe o que fazer.

Uma vida preocupada e sem stress

Grandes desafios acabam por tornar a vida mais interessante, mas, superá-las torna a vida mais significativa. Por isso, não fica a espera até que tudo esteja perfeito porque nunca será. Sempre haverá desafios, obstáculos e condições menos perfeitas. E daí? Começa agora. a cada passo que dás, ficarás mais forte, mais habilidosa, mais confiantes e mais bem-sucedida.

Portanto, dia para ti mesma “Estou determinada a viver uma vida feliz, independente dos meus desafios! Vou transformar todos os meus contos de fúria em contos de glória! Vou transformar todos os meus contos de tristeza em alegrias!” E não importa o que aconteças, apenas dê o teu melhor e aprecia o que estas a aprender. Não vais gostar da tua vida se não gostares dos teus desafios.

Todas as coisas que não tens

Tu estás bem aqui, agora, com aquilo que tens e a respirar. Por isso, aproveita! Não tens nada para fazer hoje, exceto sorrir. Felicidade é valorizar o que tens, e gostar das pessoas, lugares, objectos e até das mudanças na tua vida. Ela não se trata apenas das mudanças e alcançar o tempo todo, às vezes é sobre ser e apreciar. E quase sempre podes desfrutar das coisas que tens e dos eventos que acontecem ao teu redor, se decidir com firmeza que o vais fazer.

Ter muito dinheiro

Eu acredito que se contássemos as nossas bênçãos com mais frequências, em vez do nosso dinheiro, seríamos muitos mais ricos. O dinheiro é para ter na mente, mas fora do coração. Por isso nunca fica tão ocupada a ganhar a vida a ponto de esquecer de fazer uma vida para ti mesma. Cultiva o teu crescimento espiritual, porque a medida real da tua riqueza é quanto valerias se perdesses todo o teu dinheiro.

É bom ter dinheiro e as coisas que o dinheiro pode comprar, mas também é importante ter a certeza de que não perdeste o controle das coisas que o dinheiro não pode comprar. Não precisas de muito dinheiro para levar uma vida rica. Bons amigos e uma família amorosa valem o seu peso em outro. Na verdade, são as pequenas coisas que mais significam, como um abraço apertado na hora certa.

Qualquer evento que aconteça em outra época e lugar

Faça o teu tempo contar e não deseja momentos distantes. Não estraga o dia de hoje a concentrar-se noutro tempo ou lugar. Existe apenas o agora e perceba o quão rico es. Neste momento, estás a criar a tua história, o teu legado. Por isso não deixa que a vida te passe por entre os dedos sem estar ciente disto. A vida funciona de uma maneira estranha: queres algo e trabalhas e esperas e trabalhas e espera, e sentes que vai demorar uma eternidade para chegar. Então, acontece e acaba e tudo o que queres fazer é reviver todas as ótimas memórias que fizeste ao longo do caminho. A felicidade é a jornada, por isso não a percas.

A felicidade constante

O ponto principal é que não podes ser feliz a menos que ás vezes sejas infeliz. A vida nem sempre é perfeita, e o mundo utópico de felicidade constante não é natural, nem deves esperar isso. No curto prazo, o teu humor vai flutuar, mas é a tua capacidade de perceber e lidar com essas flutuações que te permite manter a felicidade a longo prazo. Qualquer tolo pode ser feliz quando s tempos são bons. É preciso ter uma alma forte e com um coração verdadeiro para desenvolver sorrisos em situações que fazem a maioria das pessoas chorar. Mas é possível.

“Nunca serás feliz se continuares a buscar em que consiste a felicidade. Nunca vais viver de verdade se estiveres sempre a procura pelo sentido da vida.” – Albert Camus

Conclusão

Viva todos os dias da tua vida na íntegra. Experimenta os altos e baixos, os positivos e os negativos e todos os humores presentes entre vários extremos. Não concentra em simplesmente ser feliz, Concentra-te em viver uma vida equilibrada e experiente. Concentra-te em alcançar a integridade. Sim, a felicidade faz parte dessa integridade, mas também a tristeza, a dificuldade, a frustração e o fracasso. E superar esses últimos pontos vai apoiar o teu crescimento pessoal muito mais do que a felicidade constante.

Portanto, o próximo passo a dar é escolher a felicidade hoje e aproveitar a vida à cada momento. Reclamar menos e ser grato pelas pequenas coisas que significam muito. Por isso, sê feliz e pronto.

Beijinhos de luz

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Apaixonada pela vida, pelo meu marido, meu cão, família e amigos. Criei o Blog da Sims porque senti que era uma forma de partilhar um pouco de mim, dos meus interesses e da minha forma de estar na vida. Um blog de partilha do meu eu.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: