concentrar-no-aqui-e-agora-blogdasims
Desenvolvimento pessoal,  Home

5 dicas para te ajudar a concentrar no aqui e agora

Concentrar no aqui e agora não é tarefa fácil. Eu que o diga. Porque com a correria do dia a dia e com muitas preocupações acabamos por agir em piloto automático e com isso perder o nosso foco e tempo. Sim porque quando não estamos focados perdemos imenso tempo. E por isso é importante ajustarmos o nosso nosso relógio externo e interno.

O que é tempo externo e tempo interno?

Em primeiro lugar tempo externo é aquele que fica registado nos relógios, ou seja, tempo cronológico e que tem como foco os números. E por utilizar como medida as horas, os minutos e os segundos é, por isso, objectivo.

Já o tempo interno, tempo psicológico, é a percepção que cada um de nós tem em relação à forma como os nossos dias passam. E por isso não pode ser medido, porque é completamente subjectivo.

Podemos dizer que o primeiro mais com a quantidade e o segundo com qualidade, e, por isso, nem sempre são compatíveis.

Tempo psicológico

Já dizia Albert Einstein, que a diferença entre passado, presente e futuro é apenas uma persistente ilusão. Ou seja, que o passado e o futuro são apenas projecções criadas pela mente humana e que o único tempo que existe, realmente, é o agora. Por exemplo, neste momento está a ler esse artigo através de um telemóvel, computador ou tablet e não existe uma outra versão tua a fazer outra coisa noutro lugar. O tempo psicológico é a ideia de tempo que temos nas nossas mentes e que é influenciado pelas lembranças do passado e pelas projecções que fazemos para o futuro.

E viver no passado leva-nos a mergulhar em sentimentos de culpa, arrependimentos, ressentimentos, tristezas, principalmente porque não está neste tempo, e não tens mais o poder de o alterar. Enquanto que viver no futuro, por sua vez, leva-nos à ansiedade, ao stress, cria preocupações e tensões, porque nunca chega. Já que quando o vivemos já se transformou no momento presente.

É importante ajustar o tempo psicológico?

Sim. Porque o tempo do relógio é aquele tempo que flui naturalmente, sem nenhum tipo de carga emocional envolvida. Trata-se apenas de uma ferramenta que utilizamos para fins práticos, como organizar o nosso dia, a nossa rotina e os nosso compromissos. Contudo, começar a viver de acordo com o relógio fará com que aprendemos a concentrarmos no momento presente. Sem permitir que seja afectado pelos sentimentos de culpa em relação ao passado ou ansiedade em relação ao futuro.

Por isso que ajustar o nosso tempo psicológico para funcionar de acordo com o cronológico é a melhor forma de fazer uso do nosso poder de ação e transformação. E com isso realizar o que desejamos e construir a nossa história. E umas das formas mais eficazes de conseguir isso é fazer um uso mais inteligente do nosso tempo, organizar compromissos e estabelecer metas. O passado só pode ser utilizado para inspirar novas atitudes no presente e mudar aquilo que não está bem.

Portanto a chave para desfrutarmos do nosso tempo de forma positiva é estarmos cientes de onde queremos ir, ou seja, de tudo o que queremos realizar no futuro. Mas dedicar toda a nossa atenção para os passos que estamos a dar no agora, no presente. Porque eles são os responsáveis do que virá. Por isso honre a oportunidade de mudar, evoluir e realizar o que temos agora, assim, o nosso tempo psicológico será ajustado para que possamos desfrutar ao máximo dele e viver cada segundo de forma plena e sem nenhum esquecer de concentrar no aqui e agora.

5 dicas para te ajudar a concentrar no aqui e agora

Quando estamos a fazer alguma coisa que total concentração, ficamos com a impressão de que o tempo passou a voar. Enquanto que quando estamos dispersos ficamos com a sensação contrária, de que o tempo não passa, uma sensação de tédio que acaba por ser comum quando fazemos alguma coisa que não nos proporciona prazer. Por isso é importante estarmos a trabalhar naquilo que amamos, porque só assim para dedicarmos a nossa real atenção no momento presente e com isso desfrutar desse momento na essência.

Agora que já sabes o que é tempo psicológico, vamos as dicas que trago hoje que pode te ajudar a concentrar no aqui e agora, ajustando o relógio interno de acordo com o tempo cronológico.

Organiza o teu tempo

O primeiro passo, não podia ser de outra maneira, é organizar o teu dia de modo a que consigas dedicar inteiramente a cada atividade sem preocupação para poder fazer tudo. Por isso repense os teus compromissos e mantêm apenas aqueles que estão de acordo com o teu objectivo.

E é importante aprender a dizer não, porque vai fazer com que evites perder tempo com atividade que em nada te acrescenta e que servem apenas como distração ou para agradar os outros.

Evita a procrastinação

Procrastinar é p ato de adiar tarefas que precisam de ser feitas para depois. O resultado disso é o nervosismo e a ansiedade de ter que fazer tudo a última da hora, chegando ao ponto de muitas vezes deixar passar o prazo estipulado.

Além de fazer com que fiques com a imagem de uma pessoa descomprometida, acaba por comprometer a qualidade do teu trabalho e com isso acabas por sentir mal por não ter comprido o prazo estipulado. Então, seja um vigilante ou um policia para poder voltar ao foco sempre que sentires essas vontade de dar uma vista de olhos nas tuas contas de instagram, facebook, twitter, e-mail ou falar com alguém ao telemóvel. Concentra-te no agora!

Definir metas

Definir metas são ferramentas transformadoras e que têm um grande impacto na nossa produtividade. Por isso que usá-las na nossa rotina pessoal e de trabalho é uma boa forma de mantermos motivados a concentrar a 100% naquilo que estamos a fazer sem deslizar nos pensamentos do passado e futuro.

Além disso, ao cumprirmos os alvos relacionados às obrigações, podemos desfrutar com maior tranquilidade dos momentos de lazer e descanso.

Leia também Dicas para manter a produtividade em casa

Acreditar em ti

É muito importante eliminarmos crenças que nos bloqueiam. E que fazem com que acreditemos não somos capazes de eliminar os pensamentos em relação ao presente e ao passado da nossa vida. A procrastinação, as tensões, a culpa e outras ideias que nos limita não nos pertence de forma definitiva. E nos temos total condições de tirá-las da nossa mente.

Não é porque desististe no passado de mudar de hábitos que isso irá repetir agora. Acredita em ti, dê o teu melhor e vais ver como consegues fazer e realizar tudo que quiseres ao concentrar no aqui e agora.

Olha para ti

Além de estar atenta ao ambiente, procura sempre olhar para ti mesma e te conheceres. Presta atenção em como te sentes em relação a cada situação, descobre aquilo que te faz feliz e que te move. Porque procurar essas informações fará com que passas a conhecer o teu tempo psicológico. E com isso entender quais são os pontos positivos e aqueles que são interessantes de desenvolver. Para que possas aprender a desfrutar melhor da oportunidade de estar viva e de ser quem és de ver.

Conclusão

O tempo é maravilho, mas também implacável. Por isso devemos fazer um bom uso dele, a fim de desfrutarmos de cada segundo dessa oportunidade de estamos vivos. E concentrar no aqui e agora é a chave. Portanto conecta-te inteiramente com o aqui e agora e o poder de realizar e transformar será conquistado!

“Ao render-se ao que é, tornando-se assim plenamente presente, o passado deixa de ter qualquer poder. Você deixa de precisar dele. A presença é a chave. O Agora é a chave.” – Eckhart Tolle

Beijinhos de luz

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Apaixonada pela vida, pelo meu marido, meu cão, família e amigos. Criei o Blog da Sims porque senti que era uma forma de partilhar um pouco de mim, dos meus interesses e da minha forma de estar na vida. Um blog de partilha do meu eu.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: