Pensamentos/vontade

Tal como um rio flui suavemente desde que não encontre obstáculos, também a natureza humana e animal é tal que nunca realmente notamos ou temos consciência do que é agradável à nossa vontade. Se notarmos alguma coisa, a nossa vontade terá sido contrariada, terá de ter experienciado alguma espécie de choque. Por outro lado, tudo o que se opõe, frustra ou resiste à nossa vontade, ou seja, tudo o que é desagradável e doloroso, se grava instantaneamente em nós. Diretamente e com grande claridade. Tal como não nos damos conta da saúde em todo o nosso corpo mas apenas daquele sítio onde o sapato aperta. Também não pensamos na totalidade das nossas atividades bem-sucedidas, mas num qualquer conflito insignificante que nos indigna. – A. Schopenhauer

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Baixe o ebook grátis: Como eliminar a autosabotagem em 3 passos

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: