O segredo da felicidade está em ti!

Olá pessoal. O segredo da felicidade. Será que existe mesmo um segredo? O que fazem as pessoas felizes? Afinal o que te move?

Em primeiro lugar para a maioria das pessoas, é o desejo de ser feliz. Isto porque a sociedade actual incute-nos que, se nos focarmos só no trabalho para atingirmos os nossos objectivos, isso é felicidade. Assim teremos a felicidade.

No entanto, na procura desta máxima, em vez de ficar feliz, o nosso cérebro muitas das vezes acaba por interpretar e alterar os parâmetros do que se assemelha e com o que se pode chamar de sucesso.

Segredo da felicidade!

Ao longo das últimas duas décadas, pesquisadores em neuro ciência e psicologia positiva – o estudo científico da satisfação humana – aprenderam que a felicidade é um percurso do sucesso e não o seu resultado. Mas, e se uma pessoa não é realmente feliz? A ciência diz que é possível treinar o cérebro, a fim de criar uma verdadeira felicidade duradoura.

E que ao fazer isso, as pessoas podem tornar-se mais motivadas, criativas e produtivas. Bem como aprender a lidar melhor com eventos de vida não planeados e recuperar alguma falha ou tragédia de vida.

Por isso existem vários exercícios de treino cerebral que envolvem reconhecer o que de bom existe ao nosso redor e ter uma perspectiva positiva sobre o futuro. Coisas simples que podem-nos ajudar neste sentido.

“Quando o cérebro é negativo, ele divide os recursos entre o problema que estás a viver e as emoções negativas que estás a sentir.” – Shaw Achor, autor e best-seller de The Happiness Advantage e Before Happiness

Esta separação tem servido um importante propósito evolutivo, ou seja, a resposta de luta e fuga, que são desencadeadas por emoções negativas. E essas estão ligadas ao stress ou uma ameaça reconhecida.

No entanto, de acordo com o Achor, as emoções negativas sufocam a criatividade e restringem a capacidade da pessoa de encontrar soluções para o problema.

E como solucionar esses problemas?

O combustível do cérebro para solucionar esses problemas são os sentimentos positivos. Isto porque eles aumentam o número de coisas que uma pessoa pode processar, ou seja, emoções positivas.

As emoções positivas desencadeiam a libertação de substâncias químicas do cérebro – serotina e dopamina. Substâncias essas que desempenham um papel predominante na motivação e controle motor, bem como nas funções executivas como a memória, resolução de problemas, prestar atenção e pensar ao mesmo tempo sobre vários conceitos.

Portanto, o aumento desses neurotransmissores permitem que as pessoas pensem de forma mais rápida e criativa. Isto porque, eles melhoram a capacidade de resolução de problemas. Estes químicos também ajudam as pessoas a cimentar as suas habilidade sociais, intelectuais e físicas. Em que mais tarde podem confiar e depender.

Como treinar o cérebro?

Eu sei que é mais fácil dizer do que fazer. Mas o segredo da felicidade, especialmente depois de um evento de vida negativo, é a Resiliência. Na psicologia, a resiliência refere-se à capacidade de uma pessoa para se adaptar de forma positiva às adversidades.

“O cérebro é a coisa que te diz para seguir em frente. Se superares um desafio, é por cauda dessa resiliência, apoiada por diferentes estruturas no cérebro que lhe permitem isso.” – Alex Dranovsky

O nosso cérebro funciona como um músculo, e vai ficando cada vez mais forte com o treino. Quando as pessoas aprendem uma nova competência e fazem uso dela muitas vezes, trabalha-se a parte do cérebro relevante para a execução dessa mesma competência.

Existem maneiras de treinar o cérebro relacionado com a felicidade. E com isso levando a uma mentalidade positiva, tanto no momento como a longo prazo. Este incluem journaling positivo, meditação, atos aleatórios de bondade e manutenção de fortes ligações sociais.

2 Dicas para treinar o cérebro

Journaling positivo

Um método de journaling positivo é escrever três coisas novas das quais és grato, todos os dias durante 21 dias. Isto treina o cérebro para estar constantemente à procura de algo para apreciar.

Martim Seligman, que é considerado o pai da psicologia positiva, descobriu que a gratidão aumenta os níveis de otimismo, felicidade e sentimentos de satisfação com a vida.

Atos de bondade

Atos aleatórios de bondade também treinam o cérebro. De acordo com pesquisa da Universidade de Harvard, escrever um elogio a alguém por algo específico, faz com que o remetente fique mais feliz e aumenta a sua pontuação de conexão social com a pessoa, em ambas as escalas pessoais.

A conexão social é um grande fomentador da felicidade e pode resultar em benefícios de saúde que são comparáveis a quando uma pessoa parar de fumar!

“A alegria de estar ligado a outras pessoas é realmente fundamental para quem nós somos como seres humanos, e o cérebro está poderosamente organizado no foco de apoiar essas conexões. Ser ligado uns aos outros é uma importante fonte de bem-estar, saúde física, saúde mental e emoção positiva.” – Yoni Ashar

Portanto, o segredo da felicidade está dentro de cada um de nós. Pratique, eduque o seu cérebro e sê feliz!

segredo-da-felicidade-blog-da-sims

Beijinhos de luz

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: