Pensamentos/Amar é ser vulnerável

Amar é ser vulnerável. Se amares qualquer coisa, o teu coração será certamente torturado e possivelmente partido.

Se queres ter a certeza do que o manténs intato, não podes entregá-lo a ninguém, nem sequer a um animal. Embrulha-o bem em passatempos e em pequenos luxos; evita todas as complicações.

Tranca-o bem na segurança do caixão ou da urna do teu egoísmo. Mas, nessa urna, seguro, às escuras, imóvel, sem ar, ele há de mudar.

Não será partido: torna-se-á inquebrável, impenetrável, irrecuperável. Amar é ser vulnerável. – C. S. Lewis

Tem alguma duvida? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da página contato (aqui). E partilhe!

Leia também Amor próprio é o único caminho para a felicidade.

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: