Medo do desconhecido. Já alguma vez deixaste de fazer algo por medo?

Olá pessoal. Medo do desconhecido. Já alguma vez deixaste de fazer algo por medo? Medo do que vão sentir, ou medo do que possa ser? Pois é, todos nós temos medo daquilo que não conhecemos ou do que não sabemos. E tudo isto porque muitas das vezes nos obriga a sair da nossa zona de conforto.

Em primeiro lugar quero salientar que é preciso ter consciência de que é normal sentir medo. Principalmente quando este tem a ver com uma mudança de vida. Por não sabermos o que vem a seguir e nem o que vai acontecer. Por isso o medo acaba por estar muito presente, porque estamos prestes a assumir um risco.

No entanto o medo do desconhecido leva-nos ao não conhecimento. Porque temos medo de sair da nossa bolha e arriscar. Medo do que esse risco possa trazer. Assim vamos vivendo dentro da nossa bolha. Uma vida sem experimentar o desconhecido. Sem arriscar.

O explorar o desconhecido obriga-nos a sair da nossa zona de conforto. Obriga-nos a arriscar. A dar um salto para fora da bolha. Por isso é importante arriscar e não ficar à espera que esse mesmo medo desapareça.

ATENÇÃO! O medo faz parte de nós, ele existe para nos proteger, mas é preciso saber quando é proteção e quando não é. E principalmente quando ele é para o nosso bem.

No processo de mudança, principalmente, é normal sentir medo. Mas, também é importante não deixar que esse medo interfira na sua mudança. Principalmente quando ele é para a sua evolução e crescimento como pessoa. Sim, porque não devemos ficar com medo da mudança como se ela fosse um bicho papão.

medo-do-desconhecido-blog-da-sims

São várias as situações e momentos que deixamos passar, por medo do desconhecido. Que nos leva a uma vida dentro de uma bolha. Como por exemplo:

  • o medo da opinião dos outros, porque muitas das vezes damos muita importância ao que os outros vão pensar ou achar;
  • o medo de falhar, para uma pessoa perfeccionista, como eu, ela acaba por ser um grande obstáculo no crescimento. Com o medo de falhar e não dar certo acabamos por nos retrairmos;
  • o medo do sucesso, pode parecer estranho porque sucesso é o que todos nós queremos. Mas ele pode parecer assustador para muitos, porque com ele surge a responsabilidade e com isso acabamos por resistir e com isso procrastinar;
  • o medo de não atingir a perfeição, ou seja de não consegui ser perfeito. Por termos medo de falhar queremos que tudo seja perfeito. E muitas das vezes resistimos por medo que isso possa acontecer.

Esses são alguns exemplos dos medos que nos levam a não atingir os nossos objectivos de vida. E com isso dizer que o medo muitas vezes nos leva a um bloqueio que não nos permite viver a vida que sonhamos.

Portanto não deixe que o medo o paralise e corra atrás dos seus sonhos. Enfim, como dizem os brasileiros “se der medo, vai com medo mesmo”.

E tu, do que tens medo? O que fazes para os ultrapassar? Conta-me tudo.

Beijinhos de luz

Tens alguma duvida? Queres partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário ou enviei a sua mensagem através da páginas contato (aqui). E partilhe!

 

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: