As coisas que deixamos de fazer por medo.

Olá pessoal. As coisas que deixamos de fazer por medo. Quem não deixou de fazer ou experimentar alguma coisa por medo? Quer sair da zona de conforto mas o medo não deixa?

O medo limita a nossa vida. O medo de sair da zona de conforto. O medo do desconhecido. São varias as oportunidades desperdiçadas ao longo da nossa vida por medo. As experiências que deixamos de viver. Aquele amor que não foi vivido. Ou aquilo que ficou por dizer. O medo faz-nos viver numa bolha.

o-medo-limita-blog-da-sims

Em primeiro lugar o que é o medo? O medo é uma sensação do nosso corpo que proporciona um estado de alerta. Por receio de fazer alguma coisa. Geralmente por se sentir ameaçado tanto fisicamente ou psicologicamente. Ele também é obtido a partir do contato com algum estímulo fisico ou mental. Como por exemplo através de interpretação, imaginação ou crenças. E isso gera um alerta no nosso organismo, uma resposta fisiológica.

O medo pode ser medido em grau, sendo que o mais elevado seja o pavor e o mais leve a ansiedade. Com o tempo ele pode transformar-se numa doença, comprometendo as relações sociais ou causando danos psicológicos. (saiba mais aqui)

o-medo-limita-blog-da-sims

Como podemos ver o medo se não for tratado a tempo pode transformar-se  numa doença.

A partir do momento em que nos deixamos levar pelo medo, ou que deixamos que o medo seja o dono das nossas ações, iremos passar os nossos dias reféns do medo.

As situações, experiências são para ser vividas. Nunca vamos saber o resultado de algo se não o fizermos. O “tenho medo que não corra bem” ou “tenho medo de me magoar ” limita-nos ao que é importante. O medo limita as nossas escolhas.

Ainda hoje eu me lembro quando larguei tudo em Cabo Verde para me mudar para Portugal. Confesso que senti medo, porque era algo desconhecido. Foram várias as perguntas na minha cabeça, as dúvidas se era o certo. Várias opiniões contrárias também. Mas deixei-me guiar pelo meu coração. Não deixei que o medo levasse vantagem dessa vez. Fiz com medo, mas fiz. A certeza se iria correr bem ou não, essa eu não tinha. Mas tinha a certeza que se não o tivesse feito não saberia como seria. Por isso hoje aqui estou a viver a minha história de amor.

o-medo-limita-blog-da-sims

O medo é um condicionante nas nossas vidas. Ele é capaz de nos limitar até nas pequenas coisas. Mas isso não quer dizer que não possa existir medo. Ela existe, até hoje há coisas que tenho medo de fazer ou experimentar. Mas não deixo que ele seja dominante. Quando é algo que eu quero fazer, arranjo maneira de o fazer e ultrapassar esse mesmo medo.

Digamos que todos os dias o medo nos coloca à prova. São várias as situações ao longo do nosso dia que sentimos medo. Mas o importante é saber identificar esse medo. É não deixar que ela seja dominante. Porque o medo atrai aquilo que não queremos para a nossa vida.

“Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo.” – Nelson Mandela

Portanto o que for que tenhas de fazer, faz. Não tenhas medo de sair da zona de conforto. Sê corajoso/a o suficiente para alcançar os teus objetivos e realizar os teus sonhos. Hoje sentiste medo mas amanhã faz com medo. Enfim se não enfrentar-mos o medo ele vai dominar-nos.

o-medo-limita-blog-da-sims

Beijinhos de luz

Leia mais sobre como sair da zona de conforto aqui

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: