Como passei a preocupar-me menos com os “ses”

Olá pessoal. Preocupação, passamos mais de metade do nosso dia preocupada com alguma coisa ou algo que temos por fazer. Quero partilhar Como troquei a preocupação e os ses para momentos de tranquilidade.

Em primeiro lugar, sempre fui uma pessoa que pensa demais. Pensar nos outros ou pensar no que tenho para fazer, pensar, pensar, pensar, pensar. Assim acabando por perder o presente. Por querer fazer tudo ao mesmo tempo logo acabava por não fazer nada. Por isso gerava pensamentos constantes que davam origem à preocupação, medo e acabando por deixar o corpo ansioso. E com isso a minha respiração andava sempre acelerada e fora de controlo, ou seja, não conseguia controlar a minha respiração e o meu batimento cardíaco por estar constantemente acelerada.

 Leia também – Ansiedade: 4 passos para o ajudar a controlar

Então a preocupação do que tinha para fazer, e sempre o melhor, colocava muito esforço nisso. Por exemplo, no que as pessoas pensavam de mim, o que vai acontecer às pessoas que amo, como a minha família e amigos. Isto eram muitos “ses” que iam aparecendo ao longo do dia, “e se não conseguir fazer isso, o que vão pensar?” “e se eu falhar?”, “e se não der certo?”, e se, e se…

Enfim, foram muitos os “ses” que fui colocando no meu caminho e que acabaram por me privar de viver o presente e aproveitar a vida. O preocupar com o amanhã, com os outros, com ser “perfeita” em tudo, acabando por gerar mais ansiedade do que tranquilidade.

Logo depois de começar a prestar atenção em mim e no mal que andava a fazer a mim mesma, passei a dar cada vez mais, menos importância a esses “ses”. Apercebi-me que a preocupação não resolvia nada, mas sim tornava cada vez pior. Acabei por desenvolver 3 estratégias para controlar esses ses:

Definir metas

Passei a estabelecer metas na minha vida. Ou seja, passei a Organizar o meu dia com as coisas que tenho para fazer, elaborando uma lista de tarefas. Dando maior atenção aos mais urgentes e ir fazendo com calma e colocar o máximo de atenção a cada tarefa.

E no final se não conseguir terminar tudo, passa para o próximo dia e acima de tudo sem colocar pressão, sem stress ou ansiedade se não conseguir terminar. Ao estabelecer essas metas passei a ter mais tempo para mim e a dar mais atenção nas tarefas que estou a realizar, focar no presente e dar o máximo de atenção.

preocupacao-metas

Controlar a respiração

Pelo facto de me encontrar sempre acelerada por querer fazer tudo e agradar a todos, não controlava a minha respiração e o meu coração andava sempre acelerado. Andava sempre de um lado para outro, stressada e preocupada.

A meditação veio-me ajudar a controlar a respiração e a dar mais atenção ao momento presente. Ao respirar profunda e lentamente consegui controlar o ritmo cardíaco e pressão sanguínea, e com isso aliviando o stress e a relaxar o músculos do corpo.

preocupacao-meditar

Preocupar menos

Não tenho que fazer sempre tudo, não posso agradar a todos e acima de tudo não tenho o poder de controlar o tempo, as pessoas ou o universo. Aprendi que cada coisa acontece no seu momento. Não é apresando que elas vão acontecer no meu momento ou da minha maneira.

Respeitar o universo e tudo a nossa volta. Acreditar e deixar acontecer. Aquelas que não consigo controlar deixo ir, quem não gosta da minha maneira de ser é porque não é para estar no meu circulo. Aproveitar o presente e prestar atenção no que me rodeia e absorver o amor.

preocupacao-blog

Ninguém merece viver assim, sempre preocupada com os “ses”. É preciso saber dar um basta e perceber que não conseguimos controlar tudo e perceber que não faz mal nenhum. O estar sempre preocupada, angustiada, com medo, nervosa, tensa, respiração descontrolada são sintomas de ansiedade. É preciso arranjar estratégias para trazer tranquilidade e bem estar a nossa vida.

Para mim esses passos ajudam-me imenso, e a cada dia estou a obter melhores resultados. A partir do momento que temos consciência, só temos que arranjar estratégias para lidar com ela. Tudo depende de nós para conseguirmos essa mudança e viver uma vida plena e sem preocupações desnecessárias. Espero que esse artigo o ajude a si e a quem precise.

Beijinhos de luz

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: