Sair da nossa zona de conforto

Olá pessoal, hoje quero falar da Zona de Conforto.

Sair da nossa zona de conforto nem sempre é fácil e nem todos conseguem. Porque nos habituámos a viver dentro da nossa bolha.

Em primeiro lugar, o que é zona de conforto? A zona de conforto é o espaço que nos parece seguro. Ela não é um lugar físico, mas sim um estilo de vida que nos faz evitar qualquer coisa que seja dolorosa.

A zona de conforto é causada para testarmos os nossos limites. Num processo de transição, ficamos instáveis, porque ocorre a mistura de indefinição do novo com o antigo. E, por ser um cenário que nos força a abandonar os hábitos antigos e experimentar o novo, acarreta stress e medo.

É um cenário de incertezas, que nos força a evitar o novo, com medo da dor que possa causar. E por isso, acabamos por ficar dentro da nossa bolha, porque sabemos que fora dela existe a dor. São varias as respostas que damos a nós próprios, que nos confortam e nos devolvem à nossa zona de conforto. Como “não sei fazer”, “essa não é a minha vocação “, ou “não nasci para isso”. Esse é o comportamento generalizado da grande maioria das pessoas.

Mantendo-nos na zona de conforto, estamos a limitar a nossa vida. Além disso, estamos a deixar de experimentar outras coisas por medo, por insegurança ou por vergonha. Por isso acabamos por acreditar que a vida é limitada, assumimos que essa limitação é a verdade. E com isso o nosso pensamento acaba por arranjar sempre argumentos que justificam a fuga da zona de desconforto. Estamos a enganarmo-nos, fazendo com que seja impossível uma mudança.

É preciso reverter esse cenário. Assim trabalhar a nossa zona de desconforto, para visualizar as oportunidades que a vida nos oferece para o nosso desenvolvimento. Pode parecer assustador ter que libertar algo que foi parte de nós durante tanto tempo. Mas é desafiador, e a única saída é enfrentarmos as verdades e o desconforto.

zona-de-conforto

A minha experiência com zona de conforto, foi quando sai do meu País, da minha cidade, da minha casa, da minha família, de perto dos meus amigos, da minha rotina, aquilo que era seguro, para vir para um outro país, uma nova cidade, sem familiares por perto, sem amigos, sem rotinas, nada seguro.

O Amor, foi capaz de me fazer sair da minha zona de conforto. Foi a oportunidade de ser feliz, de ter encontrado o amor da minha vida. E foi a primeira vez que tomei uma decisão sem medo do que possa acontecer. E a única certeza que eu tinha, era que se não saísse ia perder para sempre esse amor, essa oportunidade de ser feliz.

Pois então, foi a melhor decisão que tomei até hoje e nunca vou me arrepender disso. Porque saí da minha zona de conforto e descobri novas oportunidades, uma nova vida, um novo “eu”.

Sair da nossa zona de conforto é isso, arriscar e fazer algo novo e acima de tudo descobrir novas oportunidades.. O medo do que possa acontecer, vai te prender para sempre, não te vai deixar sair de dentro dessa bolha.

Arrisca, e acima de tudo, aproveita as oportunidades que a vida te oferece todos os dias. Trabalha especialmente a Tua zona de desconforto e Sê FELIZ.

 

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já tem a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É tempo da travessia. E, se não ousarmos fazê-lo, teremos ficado para sempre, á margem de nós mesmos.” Fernando Pessoa

Beijinhos de luz

Leia também – Amor próprio

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: