Amor próprio!

Olá pessoal 🙂

É possível gostarmos de nós próprios em primeiro lugar, e a isso se chama “Amor Próprio”.

Gostares de ti em primeiro lugar é amar-te em primeiro plano. Não podemos viver a vida para agradar aos outros, esperando pela aprovação dos outros ou as vezes até mesmo o seu julgamento. Não podemos sentir-nos inferiores aos outros, não podemos viver infelizes connosco.

Gostarmos de nós, sentirmos satisfeitos e ter confiança própria, são as chaves para o chamado “amor próprio“. Esse amor existe e esta dentro de nós, escondido e esquecido, que passamos por ele todos os dias e não nos apercebemos dele ou nem sequer o vemos. Precisamos coloca-lo em primeiro plano, em primeiro lugar.

Ter uma auto-estima positiva, que nos permite acreditar nas nossas competências, no nosso valor como pessoa, leva-nos a gostarmos de nós. Esse amor próprio existe e esta dentro de nós, e não vale a pena procura-lo noutras pessoas ou noutros sítios, porque é dentro de nós que o vamos encontrar, e muitas vezes frágil e perdido.

Precisamos liberta-lo , respeitar os nossos sentimentos, pensamentos, valores, saber olhar no espelho e gostar do que vemos. Não devemos só olhar para os defeitos mas também saber avaliar as qualidades e aplaudir cada vitória.

Saber e aprender que estamos sempre em primeiro lugar e em todos os sentidos. A partir do momento que estamos bem connosco, amamos-nos, aceitamos como somos, o nosso bem e o mal, estamos aptos para amar e cuidar dos outros e viver em pleno na sociedade.

Não podemos esperar eternamente de ser amados e respeitados, se nós somos os primeiros a não faze-lo. É possível gostarmos de nós em primeiro lugar.

“Não procuremos o amor no céu, nas estrelas ou nos seres iluminados, limitemo-nos a baixar a cabeça e a procurá-lo dentro do nosso coração… e a partilhá-lo!” – Julio Bevione

Beijinhos de luz

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: