Auto-sabotagem: a rasteira da mente

Olá pessoal 🙂

Auto-sabotagem… quantos de nós já passamos por isso e estamos a passar todos os dias sem darmos conta de tal?

A auto-sabotagem é o flagelo pelo medo de falhar, de ser julgado e acabar por desistir daquilo que achamos que não iremos conseguir. É uma rasteira da mente.

Todos nós temos sonhos, desejos, que acabam por ficar guardados no nosso subconsciente, porque nos sentimos incapazes de os realizar. Deixar de fazer porque temos medo de sermos julgados, que nos apontem o dedo, ou acharmos que somos fracos por não o conseguirmos fazer.

Nós somos os nossos próprios sabotadores, sabotamos os nossos desejos e sonhos, pensando mais no que os outros vão pensar, ao invés de investirmos numa estratégia para os vermos realizados.

E se pensarmos bem, na maior parte das vezes o meio que nos rodeia directa ou indirectamente, ou é indiferente às tuas decisões ou irá lá estar para te apoiar nas mesmas, mas a auto-sabotagem a que fomos sujeitos prende-nos e nem sequer o tentamos. Nunca vais saber se não tentares. Sabes quando fazes uma receita pela primeira vez e erras e voltas a tentar? Ou quando andas de bicicleta pela primeira vez, cais, levantas-te e voltas a tentar porque queres aprender? Só sabemos que não somos bons até tentarmos, e se não resultar, voltamos a tentar quantas as vezes necessárias até sermos bem sucedidos.

A auto-sabotagem conduz-nos a pensamentos negativos, a viver num mundo de negativismo constante, levando-nos a deixar de acreditar no nosso potencial. A primeira pessoa a acreditar em ti, és tu. Só tu tens esse poder, acreditar em ti e lutar pelo que queres.

Confesso que já sabotei muitas vezes os meus desejos, já dei por mim a dizer que não conseguia sem sequer ter tentado. Até que cheguei ao ponto de me questionar: como saber que não irei conseguir se ainda não tentei?

Vamos dizer adeus a esses pensamentos, vivendo os nossos sonhos com pensamentos positivos, fazendo aquilo que gostamos sem medos, focarmo-nos em nós próprios e naquilo que queremos, fazermos aquilo que nos deixa felizes e realizados, rodearmo-nos de pessoas alegres e positivas e que nos apoiam nas nossas decisões ou nos criticam construtivamente.

Se te aperceberes que não consegues sem ajuda, procura ajuda de um especialista ou simplesmente fala com alguém da tua confiança, partilhando aquilo que estás a sentir. Sê corajoso e audaz na busca da tua verdadeira felicidade.

blog-da-sims

Se gostou desta publicação dê um gosto e partilhe, e quem sabe possa ajudar alguém que precise.

Beijinhos de luz

 

Deixar uma resposta

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑

%d bloggers like this: